segunda-feira, 22 de maio de 2017

Organizar as compras para a semana - Cabazes de Frutas e vegetais entregues em casa

Uma das coisas que mais me preocupa é tentar que o meu filho coma o mais saudável possível.

A outra é ter tempo para trabalhar, estar com ele, cozinhar mas acima de tudo, tempo para ir às compras. Ora se juntarmos supermercado, talho e frutaria é pelo menos uma manhã inteira.

De forma a agilizar este processo optei pelo seguinte:

Sexta-Feira

Recebo o menu da semana seguinte na creche.
Elaboro o menu da semana seguinte (para ser mais fácil criei um mapa com todas as opções possíveis e que costumamos cozinhar lá em casa. Assim ajuda a variar e não ter que estar a inventar muito).
Telefono para o talho e faço a encomenda da carne.
Vamos ao talho buscar a carne.


Sábado

De manhã aproveito e faço a lista do supermercado. Quando é pouca coisa vou ao supermercado perto de casa e quando é mais faço as compras no Continente online e peço para entregarem em casa.


Mas o mais importante acontece às quartas-feiras. É o dia da encomenda das frutas e legumes  que nos será entregue na 6ª feira seguinte!!

Depois de procurar muito e avaliar: dia de entrega, disponibilidade de preço, qualidade e variedade dos produtos, possibilidade de criar o meu próprio cabaz e acima de tudo PREÇOS DECENTES (que nisto dos cabazes é preciso ter cuidado com os preços) e depois de ter experimentado uma ou duas empresas que fazem este tipo de entregas, descobri a Pede Salsa!!

A Pede Salsa foi-me sugerida por uma amiga. Entregam cabazes de legumes, frutas e ervas aromáticas, sempre frescos e da época, literalmente da terra para a nossa cozinha!




Como não percebia muito do assunto e fiquei na dúvida por causa da questão dos produtos serem biológicos ou não, enviei um e-mail a perguntar e a resposta que recebi ajudou-me a perceber melhor:

"Os nossos cabazes não são exclusivamente biológicos. Muitos dos nossos produtos são produzidos em modo de produção biológico, mas nem todos. Alguns têm origem em hortas e pomares de pequenos produtores da região de Mafra. O facto de encontrarmos com frequência caracóis e outros bichinhos, como joaninhas, garantem-nos a qualidade e ausência de produtos nocivos.
A nossa horta, da qual vêm alguns  dos produtos do cabaz, está em processo de certificação, pois não usamos qualquer produto químico. O meu irmão, que trabalha comigo, fez um curso na Agrobio e aprendeu a usar processos naturais para controlar as pragas.
Além disso, são nossos fornecedores vários produtores de biológicos certificados, da zona de Castelo Branco (abóboras, limões e leguminosas) e Caparica (as acelgas, espinafres bravos, algumas aromáticas...), por exemplo.
Garantimos qualidade, produtos portugueses - todos - produzidos o mais próximo possível, saborosos, frescos e saudáveis."

Assim sendo, achei que fazia todo o sentido experimentar.

Desde que experimentei já recebi várias encomendas, e só não recebo todas as semanas porque às vezes peço tanta coisa que duram duas semanas!! ehehehe 

Às sextas-feiras à tarde lá nos tocam à porta (ou se não estivermos lá deixam o cabaz à nossa porta) e deixam aquela caixa recheada de frutas, legumes e ervas aromáticas tão deliciosos!!

O que costumo fazer é preparar os legumes e congelar e ir gerindo as receitas que utilizam legumes que não seja tão prático congelar para os dias a seguir à entrega. Quanto à fruta, vamos gerindo entre a fruteira e o frigorifico. 





Espreitem o facebook da Pede Salsa e o site! além de tudo ainda têm receitas deliciosas!! 

terça-feira, 16 de maio de 2017

Mousse de Abacate para o bebé e para mim (que também gosto)

Uma das coisas que mais vejo perguntar em páginas de mães e pais por essas redes sociais fora é como usar o abacate e como incentivar a pequenada a comer fruta.



Há uma forma que nós cá por casa adotamos e que tem sempre sucesso Mousse de Abacate com frutas.

Se lhe tentar dar abacate só ele manda-me a mim comer. Se lhe der ananás ele também me manda a mim comer,  mas se for a avó a dar ele já come ananás sem mais truques. É que isto da galinha da vizinha ser melhor que a minha é mesmo verdade :D

Esta receita aplica-se a imensas frutas: banana, ananás, papaia, manga, pêssegos, e por aí fora.

Assim sendo, poderá começar a ser oferecida ao bebé assim que o médico assistente autorize o abacate. Depois é só misturar com o puré de maçã ou pera cozida que já dá ao seu bebé.

Se o problema for o abacate a minha sugestão por colocar menos abacate nas primeiras vezes e posteriormente ir aumentando as quantidades.

Nesta foto está uma mousse de abacate e manga. A quantidade deverá ser adaptada ao que o bebé come normalmente, para muitos bebés esta quantidade daria para duas doses mas para o meu, num dia bom dá pra uma eheheheh


Ingredientes:


  • 1/2 Abacate
  • 1/2 Manga pequena


Colocar a fruta partida em pedaços no copo da varinha mágica e passar até atingi a textura de mousse.

Não é necessário muito tempo nem grande ciência e em 2 minutos tem uma mousse espetacular!

Quando eles passam a comer igual à família :)

Nos últimos dois anos muita coisa mudou cá em casa :)

Fui mãe e tenho um pequenino com 14 meses.

Na consulta dos 12 meses a pediatra disse: a partir de agora ele come a comida dos pais. Já pode ir ao restaurante! Não pode comer chocolate nem enchidos e cuidado com o sal, de resto é igual!E se ele tiver dificuldade em comer a vossa comida, triturem e misturem na sopa.
Felizmente para o nosso pequeno a dificuldade é não comer o dia todo!! :D

Mais do que nunca, a questão "o que queres jantar hoje"?, passou a ter uma enorme importância cá por casa.

Na creche a alimentação é super cuidada e diversificada. Três dias por semana os bebés comem peixe e têm apenas dois de carne ao almoço. Para além disso a comida tem imensos vegetais e sabores diversificados como leite de cocô por exemplo.

Para conseguir ter todos os dias jantar na mesa cá de casa, mais do que nunca, a estratégia passa pela organização!!

O menu da creche é divulgado na 6ª feira para a semana seguinte. Sexta-feira à noite ou Sábado de manhã faço o menu dos jantares e a lista das compras. Fazer as compras com lista e semanalmente fez com que o dinheiro gasto em supermercado por mês seja muito menos do que quando fazíamos apenas uma vez por mês às compras.

No Sábado, enquanto o bebé dorme a sesta, vou ao supermercado e tento ir ao talho e se necessário à frutaria.

Por vezes as compras programadas para uma semana acabam por dar para quase duas.

Opto sempre por dar a proteína diferente daquela que comeu na escola, ou seja, se comeu peixe ao almoço, ao jantar teremos carne. Outra coisa que tento sempre é não repetir proteínas nem acompanhamentos ou os legumes principais das sopas.

Nem sempre é fácil, mas se estivermos a olhar para o menu da escola e para os livros que andam cá por casa e que servem de base para tudo o que faço, ajuda muito.

Tento dar o máximo de utilização à Bimby porque facilita muito e por isso o livro base da Bimby e o "1, 2, 3 Uma colher de cada vez" têm sido bíblias.

Para além disso,vou estando atenta às refeições da escola e criando as minhas próprias receitas.

O meu filho detesta comida seca por isso tenho sempre que dar largas à imaginação e tentar ao máximo ter uma oferta saudável.

Não pretendo que este blog substitua as idas ao pediatra ou ao nutricionista infantil.

Vou passar a partilhar aqui com vocês os nossos jantares, almoços, lanches e afns que julgue que vos possam ajudar na organização da vossa semana e que vos ajudem a variar na alimentação da vossa família.

Sou mãe mas também sou profissional por conta de outrem e além de tudo isso tenho a minha empresa. Prefiro passar tempo de qualidade com o meu filho mas ainda assim pretendo ao máximo dar-lhe a alimentação mais saudável possível, O meu filho come papas processadas quando em que ser e numa emergência também lá vai um iogolino. Como tal, não esperem vir aqui encontrara um blog radical no que diz respeito a este ponto. É o blog de uma família normal para famílias como a nossa :)

Muito obrigada por estarem desse lado! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...